Hoje em dia é tão difícil conversar. Estou falando sobre conversas reais, aquelas, onde um fala e o outro escuta. O que temos na atual “modernidade” é uma grande disputa de falas.

Um exemplo cotidiano:

-Comprei o celular “VB12" da marca “X”, e estou tão feliz com ele.

-Sério que está feliz com esse aparelho? Comprei o “Plus XKM” para a minha filha, só tenho a dizer que ele é muito melhor que esse que você comprou. Tira foto até embaixo d’água.

-Nossa, isso é ótimo. Mas, estou realmente feliz com o aparelho que comprei, e foi também o que cabia no orçamento. Afinal, estamos juntando uma grana, vamos para para Maceió no final do ano.

-Maceió? Fui pra lá no ano passado. Aliás, já visitei todo o Nordeste. Este ano quero ir pela segunda vez à Austrália. Os Estados Unidos pra mim já está sem graça. E falando realmente, acho que Maceió nem é um passeio tão emocionante. Já pensou em outros destinos?

Já aconteceu esse tipo de conversa com você? Pra ser sincero, tenho me policiado e tentado ao máximo, deixar com que as pessoas falem, sem dar exemplo de coisas que já fiz. É difícil, mas às vezes, as pessoas só querem falar.

Ah… eu fui para Maceió!

Imagem por fran hogan em Unsplash

E aquelas conversas, em que uma das partes praticamente não permite que a outra termine uma única frase sem ser interrompida? Sempre dando exemplos “melhores”, ou querendo dominar o assunto?

-Estou com uma dor no braço

-O meu faz uma semana que dói sem parar!

-Sério? Temos que nós cuidar. Mas mudando de assunto, ontem fiz um bolo de cenoura com cobertura de chocolate…

-Também fiz um essa semana (interrompendo a outra pessoa), ficou ótimo. Sou muito bom na cozinha.

Também tem aquela pessoa que se acha mais inteligente que todas as outras da mesa, e começa suas falas com palavras difíceis, assuntos rebuscados, e assim sentem-se superiores.

Parece sempre uma grande competição, ninguém se escuta mais. A única finalidade é falar, e a sua fala deve ser melhor que a do outro. E isso nem sempre é interessante.

Como disse acima, tenho tentado ter melhores conversas com todos, sem interromper, sem comparar o que o outro diz com algo que fiz, tentando me envolver na conversa, prestando atenção e respondendo no momento certo.

Todos querem falar, poucos querem ouvir. Quero mudar de lado, e, acho que já falei demais por hoje.

O que você tem para me dizer? Vamos conversar?

Siga-me os bons:Facebook - LinkedIn - Instagram - Telegram - E-mail

Especialista em EAD e Novas Tecnologias | Designer Multimídia e Instrucional

Especialista em EAD e Novas Tecnologias | Designer Multimídia e Instrucional